Anúncios no Facebook: o básico

Facebook | Nenhum comentário

Para muitos, o Google Adwords – também conhecido como Links Patrocinados – é a única opção acessível para fazer propaganda com texto ou imagens. Porém, muitos não sabem (ou nem perceberam) que o Facebook pode ser mais uma plataforma de divulgação de serviços ou produtos.

A lógica de funcionamento dos anúncios no Facebook é praticamente a mesma do Google Adwords. É possível realizar campanhas com lances de no mínimo US$0,01, pagar por CPM (Custo Por Mil) ou CPC (Custo Por Clique) para cada anúncio exibido. Além disso, o formato de anúncio por imagens – disponível também no Adwords -, atrelado ao de texto, é a forma padrão e única de anunciar no Facebook.

Criação de campanhas

Como é uma “cópia” do modelo de anúncios da Google, os anúncios do Facebook são criados praticamente da mesma forma. Em primeiro lugar, basta preencher as informações da sua campanha como: título, descrição e uma imagem.

Depois de criar o anúncio, vem o ponto chave da campanha: a definição do público-alvo. Esta é a etapa crucial para o bom desempenho do seu anúncio, pois é aqui que as pessoas que você quer atingir precisam ser definidas. Se esta etapa fosse feita no Adwords, este seria o momento de escolher as palavras-chave da campanha.

Aqui é o momento em que você precisa mostrar profissionalismo e saber exatamente para qual público quer anunciar. Conhecer seu público-alvo é essencial (não só no Facebook, mas em qualquer planejamento de comunicação).

 

Na etapa ilustrada acima, é possível escolher em qual país seu anúncio será exibido, para qual perfil demográfico ele é destinado e várias outras particularidades. Aqui, o Facebook pode ajudar a saber, com mais precisão que o Google Adwords, quantas pessoas serão impactadas por seu anúncio.

No lado direito da tela há o quadro “Alcance Estimado” e, por meio dele, o Facebook cria uma previsão de alcance do anúncio, baseado na definição de público-alvo escolhido por você.

Pagamento

O CPM e CPC dos anúncios Facebook são cotados em várias moedas e, como de costume, o Real não está entre elas. Por isso, o valor do anúncio será baseado na moeda que você definir, provavelmente o dólar americano. O pagamento é feito via cartão de crédito (não sei se há outras fomas) e, consequentemente, ele precisa ser internacional.

Depois de realizado o pagamento, seu anúncio será exibido nas páginas dos usuários que possuam o perfil definido por você. Os anúncios ficam disponíveis no lado direito da tela.

O que levar em consideração?

Além destas informações, vários outros pontos precisam ser levados e consideração na hora de usar os anúncios Facebook. Como a disputa por espaço ainda é pequena, vale a pena investir neste tipo de mídia para quem já se aventurou no Adwords. Porém, fique atento na cotação dos anúncios, tendo em vista que ela é feita em moeda estrangeira.

Caprichar nas imagens e em textos chamativos é peça-chave para o sucesso. Outro ponto importante é avaliar o ROI deste investimento e compará-lo com outras opções de custo semelhante. Não se iluda ao pensar que o fato de Facebook estar na moda, você precisa anunciar em suas páginas. Vá com calma, estude seu orçamento e se achar que vale a pena, vá em frente. Há outros pontos que precisam ser observados, mas em outra oportunidade tratarei destas particularidades.

Até a próxima!

Tags:
  • cpc. adwords
  • cpm
  • criar anuncios facebook
  • facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.