Como chamar atenção de grandes empreendedores do mercado

Empreendedorismo | Nenhum comentário

Você sabe como chamar atenção de grandes empreendedores do mercado de maneira correta? Existem algumas regras básicas de etiqueta na internet  que você precisa conhecer.

Tem uma coisa muito boa que a internet acabou proporcionando para todos nós, que é o encurtamento da distância. Hoje, em qualquer segundo, você pode pegar o celular e mandar uma mensagem para alguém ou gravar um vídeo.

Porém, para se aproximar de grandes personalidades do seu ramo, há algumas regras básicas para seguir.

Se você quer fazer uma parceria, ou quer que um grande player promova você, vou compartilhar algumas dicas que irão te ajudar, sem fazer de você uma pessoa sem noção.

Regras básicas para chamar atenção de grandes empreendedores do mercado

O encurtamento de distâncias é uma coisa muito bacana, pois podemos nos comunicar com mais velocidade.

Agora, ao mesmo tempo que isso é super legal e facilita muito a vida de todos nós, isso faz com que várias pessoas tenham um comportamento mais imediatista.

Simplesmente acreditando que pelo fato delas terem o contato com várias pessoas, significa que podem propor uma parceria com alguém que nunca viram na vida.

O fato das pessoas poderem se comunicar via Facebook ou e-mail facilita muito o contato entre elas. Só que, em muitos casos, as pessoas esquecem de duas palavras muito simples que são a base de qualquer início de parceria ou troca de favores: relacionamento e reciprocidade.

Relacionamento e reciprocidade: duas palavras importantes

Essas são duas palavras extremamente importantes para quem quer chamar atenção de grandes empreendedores e conseguir uma reunião ou um almoço de negócios.

Por exemplo: digamos que você tenha um grande player do mercado no seu Facebook ou possui o e-mail dele para contato, que automaticamente está habilitado para iniciar uma conversa.

Se logo de cara você já pedir alguma coisa para ele, acredito que essa pessoa não irá ficar feliz, muito menos irá querer ajudar você.

Eu recebo muitos pedidos de pessoas que querem que eu faça webinário, hangout, libere bônus, que eu promova outras pessoas, e eu simplesmente respondo: NÃO.

Qual o principal motivo disso?

Eu nem conheço essas pessoas, nem sei quem elas são. Vai que é um picareta ou um charlatão!

Eu não quero envolver meu nome com pessoas que não são realmente comprometidas. E um ponto super importante é que: as pessoas não criam um relacionamento antes de propor qualquer coisa.

Se isso acontece comigo e com outros empreendedores, também pode acontecer com você. Então, se você quer se aproximar desses empreendedores, a primeira coisa que você deve pensar é em relacionamento.

Como você pode começar a trabalhar com esse relacionamento?

Você pode começar a interagir com essas pessoas nas redes sociais, comentando em seus conteúdos ou compartilhando. Pode se oferecer quem sabe, para colaborar no blog dessa pessoa ou em algum vídeo, passando uma informação de valor.

Você também pode simplesmente promover seus produtos, como dizem, “entrar no radar”, para que ela saiba qual a sua índole. Vá aos eventos, acompanhe-a, troque cartões, enfim. É necessário que você estabeleça um relacionamento.

Quando se fala em fazer parceria, falamos em um relacionamento que não é muito diferente de um relacionamento entre marido e mulher. Antes de namorar com alguém você precisa conhecer a pessoa, depois levá-la para jantar e então iniciar o relacionamento.

Não é porque você pode enviar um e-mail para alguém que ele vai te responder ou fazer o que você quer.

A outra palavra poderosa que você precisa entender e colocar em prática se quiser chamar a atenção de grandes empreendedores do mercado, é simplesmente a questão da reciprocidade.

Reciprocidade: um conceito importante

Vamos supor que eu conheça você, que eu saiba da sua índole, que você é muito bom no que faz, é uma pessoa séria e honesta. Só que, nesse caso, é você que precisa de mim, não necessariamente eu que preciso de você.

Então, se eu quiser que um player maior do que eu, alguém que eu quero chamar atenção, faça uma parceria comigo, temos que trabalhar sob o conceito de reciprocidade: eu tenho que dar para poder receber.

Porque nesse caso, eu preciso mais daquela pessoa nesse momento do que ela precisa de mim.

Isso acontece muito dentro do nosso mercado. Às vezes eu quero chamar atenção de grandes empreendedores, para que ela promova meus treinamentos, meus produtos, mas sou menor que ela no ponto de vista de negócios. O que eu faço? Eu entro no radar.

Eu promovo os produtos dessa pessoa. Eu faço minha parte, para depois querer receber algo em troca.

Então, essas são duas regras são básicas para você iniciar um processo de  parceria:

Primeiro: fazer com que essa pessoa conheça você, seus interesses e assim por diante. Isso pode começar com conteúdos nas mídias sociais, respondendo posts, interagindo e, participando, para que ela tenha oportunidade de te conhecer.

Segundo: você precisa dar para depois receber algo em troca. O que mais vejo são pessoas que eu nunca vi na vida pedindo para que eu faça algo para elas.

Sabemos que todo mundo hoje tem muitos projetos, muitas coisas para fazer, e isso não é tão simples assim.

Essas regrinhas me ajudaram a chamar atenção de grandes empreendedores do mercado.

Assista ao vídeo:

Continue aqui no Blog!

Uma das mais importantes atividades para quem gerencia uma fanpage é: avaliar os resultados da página do Facebook. Isso porque, avaliando resultados é possível saber se o seu trabalho está funcionando ou não. Confira o post:

COMO TER RESULTADOS POSITIVOS: FOCO NA BOLA! 

Quer mais? 

Já imaginou ter mais informações exclusivas e totalmente gratuitas sobre esse assunto?

É só baixar AGORA o material abaixo, aplicar no seu negócio e bombar as suas redes sociais.

Aprofunde os seus conhecimentos com o meu material que é 100% gratuito. Baixe já:

Tags:
  • 10 mulheres
  • chamar atenção de grandes empreendedores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.