Como funciona o recurso Ofertas no Facebook

Facebook | Nenhum comentário

Há alguns dias trouxe ao blog um vídeo apresentando o recurso Facebook Offers, ou o Ofertas, em bom português. O post “Como funciona o Facebook Offers” apresenta a ferramenta e como ela irá funcionar. Agora, todas fan pages possuem o recurso disponível, por isso, resolvi apresentá-lo e mostrar como ele vai funcionar na prática e como você pode utiliza-lo em seu negócio. Vamos avaliar o caso da Livraria Saraiva e ver como eles utilizam o Facebook Offers, tendo em vista que foram os primeiros a contar com o recurso por aqui.

Quanto custa criar uma Oferta do Facebook?

Segundo o Facebook, “na primeira vez em que experimentar as ofertas, elas serão grátis, mas depois será exigido um orçamento. O valor pago tem como base o número de pessoas você deseja atingir. Quando você estiver criando sua oferta, escolha no menu suspenso um dos orçamentos sugeridos, ou defina um orçamento personalizado no Gerenciador de anúncios marcando a caixa ao lado de Promover mais tarde usando outra ferramenta de anúncio do Facebook.”

Opções de criação

Ao criar uma oferta, você tem três alternativas a oferecer para seus clientes aproveitarem a promoção:

  • Somente na loja;
  • Na loja e online;
  • Somente online.

No caso da Saraiva, eles optaram pelos dois ambientes, online e offline na hora de criar a promoção.

1. Impacto

Ao criar uma oferta, você pode promovê-la com um anúncio. Fui impactada pela Saraiva assim, pois não curto a página da empresa. Ao promover uma oferta você tem duas opções: deixá-la restrita aos seus fãs ou usá-la como uma forma de obter mais audiência. Uma boa opção de divulgação, tanto para seus fãs, quanto para quem não é, é criar um anúncio. Isso é muito simples de ser feito, basta segmentar o anúncio para fãs ou não fãs no momento da criação da mensagem.

2. Estabelecer regras

Há alguns anos vivemos a explosão dos sites de compra coletiva. Muitas empresas entraram neste mercado oferecendo descontos aos seus clientes. Apesar de ser uma boa fonte de divulgação, falhas de planejamento levaram muitas empresas a cometer sérios deslizes no atendimento aos clientes provenientes dos sites de compra coletiva. Em algumas situações, os clientes com cupons eram tratados de forma inferior aos demais e, em casos extremos, ridicularizados por utilizarem o desconto. Casos assim não são novidade neste mercado, por isso, antes de lançar uma promoção no Facebook Offers, certifique-se de que sua equipe está preparada para atender a esta demanda e, especialmente, preocupe-se em definir muito bem as regras da promoção.

No caso da Saraiva, a oferta possui dia e e hora para acabar, bem como a restrição de algumas categorias de produtos. Sendo assim, planeje bem como será essa ação e comunique a todos os envolvidos. Se sua empresa possuir filiais, lembre-se de comunicar a todos da rede que a oferta entrará no ar para que todos estejam cientes sobre um possível aumento no fluxo de pessoas, bem como a melhor forma de atender à demanda.

3. Converter a oferta

Quando um fã reivindica  uma oferta, recebe um email com todas as informações e regras sobre a promoção. Nela pode constar as normas para utilização do desconto ou benefício, tanto nas lojas físicas, quanto em um site. Se o cliente for utilizar em uma loja física, a forma mais simples de obter o retorno da ação é contar quantas pessoas vieram à loja via Facebook Offers e qual foi o ticket médio delas, por exemplo.

Se ela puder usar o desconto em um site, certifique-se de acompanhar este ciclo desde a sua entrada até a conclusão da compra, para também ter acesso ao ticket médio dos clientes via Facebook Offers e saber se este tipo de ação vale a pena para seu negócio.

No caso da Saraiva, eles utilizaram um link na descrição da oferta para direcionar o consumidor até uma landing page otimizada para sua oferta. Isso é um ponto muito importante e que pode ser decisivo na hora de aumentar sua conversão. Neste caso, a página de destino para quem vai utilizar a oferta contempla apenas livros. Isso chega a ser um pouco óbvio, pois a oferta oferece 10% de desconto apenas em produtos desta categoria. No entanto, há a opção de acesso à outras categorias, mas que nem todos os consumidores irão visitar. Aqui, a Saraiva direcionou o consumidor ao centro da sua ação, que é a venda de livros com desconto. Já imaginou se ela oferece desconto em livros e manda a pessoa para o site, onde terá mais trabalho para filtrar sua busca e encontrar o que deseja? No caso de conversões, menos é mais, ou seja, quanto menos passos o cliente precise executar para concluir a compra, melhor para você.

Por isso, em qualquer ação que vise o direcionamento do cliente para uma página com ofertas ou informações, pense muito bem como será esta landing page. Às vezes, um anúncio possui ótimos indicadores, como cliques e visualizações, mas no fim do ciclo, a chegada do cliente ao produto é falha, pois a landing page possui problemas de construção e transmissão da mensagem.

Além disso, se sua empresa utiliza o Google Analytics, é possível mensurar o número de pessoas que entraram em seu site vindos da oferta. A Ferramenta para a Construção de URLs foi utilizada pela Saraiva para taguear a URL da oferta. No link:

“http://www.livrariasaraiva.com.br/livros/?pac_id=122863&utm_source=midias_sociais&utm_medium=facebook&utm_content=livros&utm_campaign=offer_livros_saraiva_br_site”  

É possível observar os parâmetros utilizados pela Saraiva na hora de medir a adesão à oferta, bem como, a construção de funis de venda. A partir desta simples ação, sua empresa pode mensurar com mais eficiência e facilidade o retorno desta ação. Lembre-se, que o número de pessoas que reivindicaram a oferta no Facebook é um bom indicador de sucesso, bem como quantas pessoas usaram o cupom na loja. Porém, saber quanto elas gastaram e quais itens mais vendidos, por exemplo, ajuda a entender melhor o comportamento do consumidor frente à esta novidade.

 Para saber um pouco mais sobre como funciona o Facebook Offers, assista ao vídeo a seguir:

httpv://www.youtube.com/watch?v=5qf9ZjtNrqg

Lembre-se: ao veicular uma oferta, pense em todos os pontos em que você precisa se preocupar. Atendimento, regras, suporte da sua empresa, o volume de pessoas que você pode atender e, principalmente, a comunicação com quem irá atender os clientes com os cupons. Pois, convenhamos, é EXTREMAMENTE DESELEGANTE receber tratamento inferior em qualquer estabelecimento por usar um cupom de desconto.

<Jaba>

Para saber mais sobre o Facebook como ferramenta de venda, inscreva-se no Curso Facebook e Vendas, dia 30/06 em São Paulo. Daremos foco à utilização do Facebook como uma fonte de receitas para sua empresa e negócio. Para conhecer o Facebook e todas as suas ferramentas no âmbito empresarial, conheça o curso de Facebook para Empresas, com turmas presenciais e online.

<Jaba>

Tags:
  • curso de facebook
  • facebook e vendas
  • facebook offers
  • ofertas facebook
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...

Pesquise no blog

VOCÊ PODE GOSTAR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.