Consumo Colaborativo Made in Brazil

Empreendedorismo | Nenhum comentário

Há algumas semanas trouxe no post “O crescimento do Consumo Colaborativo”. A palestra da Rachel Bostmann, no TEDx Sydney, apresentou diversos serviços de “swap” (troca, permuta) que estão contribuindo para esta tendência. Um dos citados pela palestrante foi o Swap, mas a boa notícia é que o Swap Trading, o ato de trocar itens que temos e não usamos, por itens que não temos e desejamos, também está disponível no Brasil.

Um dos primeiros sistemas de troca do Brasil se chama INIO. Logo pelo nome o sistema já diz a que veio. INIOresume a frase: “I Need, I Offer”, ou seja, “Eu Tenho, Eu Preciso”. Criado por Gabriel Schön em seu projeto de graduação na UTFPR, o INIO funciona completamente integrado ao Facebook e com um sistema de identificação de ofertas realmente muito interessante.

Como funciona o swap brasileiro

INIO foi desenvolvido como um aplicativo de Facebook, assim, ele possui integração total com a rede de contatos dos participantes. Ao participar do INIO, você pode começar a utilizá-lo cadastrando um item que você possua e deseja trocar ou realizar uma busca e verificar se alguém tem o que você deseja e queira trocar.

A mágica do consumo colaborativo

Assim como um site de e-commerce, os produtos ficam disponíveis em categorias. A única diferença é que ao invés do preço, você entra em contato com a pessoa que está oferecendo ou solicitando o produto. É aí que o diferencial do consumo colaborativo mostra todo o seu valor. Ao invés de puxar a carteira, puxe papo com as pessoas, economize dinheiro e recursos naturais adquirindo bens que podem ser reaproveitados .

Para saber mais sobre o INIO acesse o app no Facebook e para saber mais sobre consumo colaborativo, acesse este post.

VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...

Pesquise no blog

VOCÊ PODE GOSTAR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.