Crowdfunding: 9 opções de modelo de negócios colaborativos

Empreendedorismo | 11 Comentários

Crowdfunding: conheça o modelo social de levantamento de fundos para o seu negócio. Saiba o que é e sites para criar o seu projeto

Crowdfunding nada mais é do que um financiamento coletivo. Baseado na economia colaborativa, reúne um grupo de pessoas dispostas a adotar e financiar um projeto para que se realize.

A necessidade de levantar investimentos nem sempre é fácil e fazer o negócio “se pagar” muito menos. No Brasil, houve uma explosão das startups e sites como o Startupi apresentaram diversos casos de empresas que receberam aportes internacionais.

Dinheiro é um dos grandes problemas para dar o pontapé inicial em qualquer empresa ou projeto. Por isso, os fundos de investimento são uma forma de conseguir verba para começar ou continuar uma startup.

Quem possui um pequeno projeto e não tem a pretensão de criar uma empresa, pode recorrer ao Crowdfunding. O financiamento pode ser para a criação de um vídeo, um curta, um site de fontes de notícias etc.

No Brasil, o site Catarse é uma das principais fontes para levantar fundos e tirar a ideia do papel. Porém, existem outras opções que vamos falar.

Catarse: Crowdfunding nacional

Em linhas gerais, crowdfunding poderia ser traduzido como fundação coletiva ou vaquinha online, como também é conhecido. Ou seja, várias pessoas se reúnem e juntam esforços para que uma ideia comece a acontecer.

O Catarse Brasil é uma plataforma que reúne essa comunidade. O objetivo do Catarse Brasil é identificar projetos viáveis e realizar campanhas com uma meta de atingir o valor arrecadado necessário.

Apesar de ter sido trazida dos EUA, onde já existe o Kickstarter, é uma plataforma exemplo de crowdfunding internacional.

Crowdfunding Brasil: vai pegar?

Quando surgiu no Brasil, a principal dúvida era: será que o crowdfunding vai pegar por aqui? Será que o brasileiro tem a cultura de fomentar o empreendedorismo?

O Catarse foi um dos projetos pioneiros por aqui. A plataforma foi lançada em 2010. Hoje, é possível encontrar vários outros sites que abraçaram o conceito do crowdfunding.

Vamos detalhar alguns desses sites de crowdfunding para mostrar as opções disponíveis em nosso mercado.

Crowdfunding Websites

Além da pioneira Catarse, existem outras plataformas com a mesma credibilidade no mercado brasileiro. Separamos uma lista com os principais sites de crowdfunding disponíveis atualmente:

Kickante: é uma plataforma recordista em arrecadações de crowdfunding na América Latina. Nela, você pode fazer uma aplicação de forma parcelada e o valor será adiantado para o criador iniciar seu projeto.

Indiegogo: não é uma plataforma brasileira, porém é acessível para quem mora no Brasil. Com um crowdfunding flexível, você pode sacar o dinheiro mesmo sem bater a meta. É possível que haja cobranças de taxas para trazer o valor ao país.

Impulso Microcrédito: projeto da Aliança Empreendedora. Analisa o projeto enviado e se aprovado, permite a criação da campanha. O valor poderá ser retirado assim que sua meta for batida.

Idea.me: não é uma plataforma brasileira, porém atende vários países da América. Também analisa o projeto previamente e então agenda uma data para lançamento da campanha.

Bicharia: essa é nossa indicação mais fofinha. Isso porque o Bicharia é dedicado exclusivamente a causa animal. Nele, você pode abraçar projetos de protetores e ONGs.

StartMeUp: a StartMeUp tem um foco um pouco diferente das demais. Ela trabalha com grandes projetos empresariais, podendo angariar fundos de até 5 milhões.

Por isso, ela opera no Equity Crowdfunding. Nesse modelo, investidores vão adotar o seu projeto e em troca, receberão uma participação na empresa criada.

Broota: essa opção também é focada para quem deseja abrir uma empresa. Mais precisamente falando, uma Startup, necessariamente na modalidade micro ou empresa de pequeno porte.

Depois do Cartase, dá para dizer que sim, o Crowdfunding pegou no Brasil, afinal temos todas essas opções atendendo o mercado brasileiro.

Quem pode solicitar um financiamento por Crowdfunding?

Qualquer pessoa! Isso mesmo. Se você tem um projeto, pode fazer seu cadastro em uma das plataformas que sugerimos aqui.

Crie sua conta e então é só lançar sua campanha. Como esse tipo de plataforma busca justamente a polarização de fontes de crédito, não faria sentido restringir os projetos cadastrados.

Por isso, quem se interessou pelo assunto, saiba mais pelo site Crowdfunding Brasil. Lá são publicados uma série de textos sobre o tema e que vale a pena ficar de olho.

Leia mais: Aplicativos para empresas: 10 opções para organizar a gestão do seu negócio

Como criar uma campanha de Crowdfunding?

Todos os anos alguns sites publicam uma lista com as melhores campanhas de crowdfunding. Você pode usar essa lista para entender como outras pessoas conseguiram levantar o investimento.

Além disso, vale a pena pesquisar campanhas de crowdfunding já realizadas de acordo com o tipo de projeto que deseja. Exemplo: se gostaria de escrever um livro, pesquise muito mais sobre as campanhas que levantaram fundos para a publicação de livros.

Nós não somos especialistas no assunto. Mas queremos recomendar um texto muito legal com 8 segredos para realizar uma campanha de sucesso.

Agora, queremos fazer uma pesquisa com você: já conhecia esse modelo de financiamento de projetos?

Se sim, comente aqui nos comentários sobre sua experiência com o crowdfunding.

Tags:
  • social sell
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...

Pesquise no blog

VOCÊ PODE GOSTAR...

11 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.