Dark Posts do Facebook: o que são e como criar

Facebook, Instagram | Nenhum comentário

Os dark posts no Facebook e no Instagram são uma ótima alternativa para quem quer vender online sem encher a timeline de publicações

O crescimento do uso da internet e das redes sociais mudou a forma como as empresas divulgam seus produtos e serviços. Há até mesmo quem diga que para um negócio existir de verdade, ele precisa ter presença online. Contudo, não basta estar presente, é preciso se fazer notar.

A cada minuto milhares e milhares de conteúdos são postados. Com isso, caímos num mar de saturação online. E, mergulhados nessa imensidão de publicações, é preciso saber o que fazer para se destacar e como entregar suas postagens para as pessoas certas.

Sempre falamos por aqui da importância de investir na produção de conteúdos de qualidade e como isso pode levar o seu negócio a um novo patamar. Porém, na internet, se o conteúdo é rei, a distribuição é a rainha.

Saiba mais: [Curso] Intensivo Anúncios no Facebook e Instagram

Não basta produzir o melhor texto, fotografia ou vídeo do mundo. Criar a copy perfeita para a sua oferta não é o suficiente. Você precisa saber como fazer com que seus conteúdos sejam entregues para o público certo.

O Facebook e demais apps da empresa surgem então, como uma excelente opção de canal de distribuição. Seus inúmeros recursos de segmentação são uma ferramenta importante na entrega dos conteúdos.

Dentre esses recursos está a possibilidade de criação de um dark post. É o que vamos falar agora.

O conteúdo certo para o público certo

A grande sacada para quem quer vender online é entender que os consumidores estão cada vez mais assíduos por personalização. Os clientes passaram a demandar uma comunicação mais próxima e pensada pra eles.

A ideia então, é encontrar formas de desenvolver isso. Conhecer e agregar à estratégia do seu negócio recursos que possibilitem entregar o conteúdo certo para o público certo.

Agora, como fazer isso se sua loja vende uma grande variedade de produtos, que vão de roupas para bebê até produtos para casa? Ou se você, fotógrafo, faz cobertura de eventos corporativos, casamentos e festas infantis?

É praticamente impossível se comunicar de maneira assertiva com públicos tão diferentes em um único conteúdo. Mas então, você deve estar se perguntando: “devo postar conteúdos personalizados para todos esses públicos?”.

A resposta é sim, mas não na sua página do Facebook ou no seu perfil do Instagram. E é exatamente aqui entram os dark posts.

O que são dark posts?

Os dark posts são um formato de anúncios criados para Facebook ou Instagram que ficam escondidos nas plataformas. Quando publicados, eles não aparecem na sua página, mas são entregues diretamente no feed dos usuários que você segmentou.

Para ficar mais claro, veja o exemplo abaixo:

Dark Posts: anúncio Camila Porto

Nele, a Camila fala diretamente com quem entrou na página do treinamento Social Sell, iniciou a inscrição no curso, mas não a finalizou.

Ela tem acesso a quem são essas pessoas por meio de recursos de segmentação do Pixel do Facebook e consegue enviar esse anúncio diretamente para elas como dark post.

Ou seja, apenas as pessoas que passaram por esse processo de não finalizar a inscrição no curso receberão o anúncio. Afinal, que sentido teria mostrá-lo para outras pessoas?

A grande sacada aqui, é a possibilidade de realizar essa comunicação mais direta com o consumidor. É enviar para ele conteúdos e ofertas que atendem diretamente aquilo que ele busca.

Imagine se a Camila publicasse esse conteúdo como um post normal na página dela e você a acessasse pela primeira vez. Essa copy não agregaria em nada para você e provavelmente ainda causaria estranhamento, afinal, você nunca tinha iniciado uma inscrição no Social Sell.

Entendemos então que:

um dark post é uma publicação patrocinada e segmentada que não aparece na página ou perfil do anunciante. Sendo veiculada apenas no feed de notícias dos usuários que se encaixam na segmentação de público escolhida para o anúncio.

Como criar dark posts?

Os dark posts são criados por meio do Gerenciador de Anúncios. Qualquer outro método, como o botão impulsionar, por exemplo, não criará os anúncios escondidos que buscamos, mas apenas promoverá uma publicação que já está visível na sua página.

Para criar um dark post você deve:

Passo 1. Acessar o Gerenciador de Anúncios e clicar em Criar Anúncio/Criar;

Passo 2. Definir o objetivo da sua campanha;

Passo 3. Configurar a segmentação do seu anúncio. Ou seja, definir para quem ele deverá ser entregue;

Passo 4. Estipular um orçamento para sua campanha. Já demos dicas sobre essa etapa aqui;

Passo 5. Feito isso, você chegará na fase em que irá escolher se irá apenas promover uma publicação pré-existente ou criar um dark post. Para isso, selecione a opção Criar anúncio.

Selecione Criar anúncio

Passo 6. Agora, basta terminar a configuração do criativo do seu anúncio, com imagem, copy e link. Feito isso, seu dark post estará criado.

Exemplos de uso para dark posts

Como dissemos, os dark posts não aparecem nas timelines das páginas e perfis. Portanto, você não vai encontrá-los apenas acessando esses canais.

Uma forma de descobrir quais dark posts uma empresa pode estar veiculando é acessando a biblioteca de anúncios do negócio. Conforme ensinamos no post Duas formas fáceis de monitorar seus concorrentes no Facebook.

Uma dica é usar esse recurso para falar com a fatia do seu público que está mais no meio ou fundo do seu funil de vendas. Um exemplo disso são os anúncios de remarketing, como o da Camila que mostramos nesse post.

Por aqui, já indicamos 5 ideias infalíveis para fazer remarketing no Facebook e Instagram para vender mais.

No Instagram, você também pode usar esse recurso para distribuir conteúdos diferentes sem precisar quebrar o padrão dos posts ou o mosaico do seu feed.

Vantagens e desvantagens

Dentre as vantagens de usar o darks posts na estratégia de marketing do seu negócio listamos:

Não floodar sua timeline: você pode criar dezenas de dark posts diariamente sem precisar encher sua página ou perfil de publicações;

Posicionamentos: é possível escolher até mesmo o Stories para veicular seus dark posts;

Testar: você consegue fazer testes a/b com seus conteúdos para mensurar quais trazem os melhores resultados;

Público e mensagens certos: seu conteúdo será entregue exatamente para o público para o qual ele foi criado. Dessa forma, você pode enviar mensagens diferentes, para públicos diferentes.

Já sobre as desvantagens, há apenas uma para listar:

Prova social: por se tratar de um anúncio que não aparece no seu perfil ou página, os comentários e reações que você recebe também acabam não aparecendo. Isso pode ser visto como uma desvantagem se considerar que esses números podem ser importantes provas sociais.

Contudo, há como resolver. Se por acaso você criar um dark post e notar que ele reuniu provas sociais que são interessantes manter públicas, você pode transformá-lo em um post comum da sua página.

Nós já ensinamos aqui como transformar anúncios em publicações da página do Facebook.


A possibilidade de criar dark posts é mais um recurso extremamente simples, mas que pode agregar muito à estratégia de marketing digital da sua empresa.

Usado da maneira correta, ele sem dúvida pode te ajudar a se comunicar de maneira muito mais assertiva com seu público.

Você já usava esse recurso? Conta aqui nos comentários.

Tags:
  • social sell
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...

Pesquise no blog

VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.