Quais as diferenças entre Perfil Pessoal e Página no Facebook?

Facebook | 11 Comentários

Se você tem curiosidade para saber quais são as diferenças entre Perfil Pessoal e Página no Facebook, vamos te explicar neste texto!

O Facebook é basicamente dividido em dois mundos. O mundo das pessoas e o mundo das empresas. Fazendo uma analogia com a vida real, é como se fosse o CPF e o CNPJ.

Quando você tem um CPF, você é uma pessoa física, tem acesso a alguns documentos específicos, abre contas específicas no banco entre muitas outras coisas voltadas para as pessoas físicas, não é mesmo?

Quando nós estamos no universo das pessoas jurídicas, nós temos um CNPJ – que tem características diferentes. Temos contas diferenciadas no banco entre outros direitos e deveres voltados para empresas.

E, no Facebook, não é diferente: temos o universo das pessoas e o universo das empresas.

Quais as diferenças entre perfil pessoal e página no Facebook?

De um lado, temos os perfis que são as pessoas. O CPF como você já viu acima. E do outro temos as páginas, que são as empresas, os CNPJ.

Quando criamos uma conta no Facebook, nós criamos um perfil para poder interagir com amigos, postar fotos, publicar coisas para pessoas, conteúdo que gostamos etc.

Ter uma página do seu negócio é a presença da sua empresa dentro do Facebook. Você compartilha o que é relevante no seu negócio e, principalmente, para a sua audiência.

Diante disso, você deve se perguntar: como eu vou atrair meus fãs se a minha página está de um lado e os perfis de usuários estão do outro? É aqui que existe a conexão entre vocês por meio do Feed de Notícias. É aqui que a mágica vai acontecer.

No Feed de Notícias é onde as pessoas vão receber seus conteúdos, é onde essa ligação acontece.

O Facebook oferece ferramentas específicas para quem quer fazer negócios na rede social — por isso a importância de ter uma página. As diferenças básicas entre perfil pessoal e página no Facebook são:

PERFIL PESSOAL NO FACEBOOK:

  • Para uso pessoal, não comercial;
  • Os usuários adicionam perfis como amigos no Facebook;
  • Os perfis têm quantidade limitada de amigos;
  • Um perfil é administrado por um único usuário;
  • Possui um nível único de administração;
  • As opções de personalização de perfis são básicas (avatar e capa);
  • Os perfis possuem informações de pessoas físicas;
  • Você faz o envio de mensagens de forma individual.

PÁGINAS NO FACEBOOK:

  • Utilizadas para fins comerciais;
  • Os usuários curtem e seguem as páginas;
  • As páginas têm quantidade ilimitada de curtidas e seguidores;
  • Uma página é administrada por múltiplos usuários;
  • As páginas possuem diferentes níveis de administração;
  • As opções de personalização são avançadas (avatar, capa, CTA e plugins);
  • As páginas contêm informações de pessoa jurídica (a marca);
  • Você faz o envio de mensagens em massa para seus seguidores;
  • As páginas possuem abas especiais;
  • Você confere estatísticas das páginas no Facebook Insights;
  • As páginas podem criar anúncios no Facebook.

Por que você não pode ter um perfil pessoal para promover um negócio?

Essa é uma proibição prevista nos termos de uso do próprio Facebook.

Nessas políticas, você observa que as empresas não podem ter perfis pessoais na rede social. Você pode conferir quais são as políticas específicas para fanpages nos Termos de Páginas.

Fonte: Central de Ajuda do Facebook

CONTINUE NO BLOG

Agora que você viu quais são as diferenças entre perfil pessoal e página do Facebook, percebeu como é importante ter a sua fanpage, certo?

Mas não basta apenas ter a página, você precisa fazer publicações que realmente encantem seus possíveis clientes.

Para isso, é importante criar imagens atraentes para engajar seus fãs. Confira uma lista com as melhores ferramentas para você criar imagens para o Facebook. Mesmo que você não seja um designer profissional, o resultado vai impressionar:

8 FERRAMENTAS PODEROSAS PARA CRIAR IMAGENS PARA O FACEBOOK

RECOMENDAÇÃO DE ESPECIALISTA:

Eu acredito que este conteúdo certamente vai te ajudar a chegar mais perto do que você deseja para você e seu negócio. Ele vai te guiar pelos passos iniciais que você precisa trilhar em direção ao RESULTADO.

Mas, na minha opinião, esse é apenas o início do caminho. Se você quer se aprofundar neste tema e ter acesso a um material complementar (mais avançado), recomendo que você acesse o conteúdo complementar a este que você acabou de ler. Basta se inscrever ou clicar abaixo.

Tags:
  • 22 táticas

11 Comentários

  1. Bom dia, ótimo artigo. Porém, quero ter certeza de uma coisa: sindicatos e ONGs também devem ter página e não perfil? Se tiver perfil, atualmente, como transformar em página sem perder todos os amigos que já estão ali e transportá-los para a página? Estive vendo orientações que existem no próprio face e várias e várias pessoas relatam que essa migração não funcionou, perderam todos os contatos que tinham no perfil. Obrigado e sucesso pra vocês!

    1. Oi, Ulisses
      Sim, sindicatos e ONGs também devem ter páginas.
      Existe a opção de migrar, porém como você mesmo disse, nem sempre ela funciona 100%.
      Um abraço, #EquipeCP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.