10 formas de ter uma equipe home office super comprometida

Postado em Empreendedorismo 7 Comentários

Para alguns donos de empresa, trabalhar com uma equipe home office parece sinônimo de algo que não vai funcionar. Espero que esse não seja o seu caso!

O motivo? Um escritório remoto pode sim funcionar e ter uma equipe tão comprometida quanto acontece nos espaços tradicionais, que são presenciais.

Manter toda sua equipe ou parte dela trabalhando direto de casa é uma boa opção a ser considerada. Afinal, você proporciona mais qualidade de vida para seus funcionários, que não vão precisar enfrentar trânsito e vão poder trabalhar do conforto de seu lar.

Isso sem contar na economia anual que isso pode gerar para a empresa, já que custos fixos com aluguel acabam ficando de lado.

Vale comentar que essa modalidade de trabalho não funciona para todas as pessoas, pois tem gente que não se adapta bem ao home office. Por isso, você deve prestar bastante atenção na hora de contratar novos colaboradores.

Uma equipe home office exige muito mais comprometimento da parte de todos do que uma equipe tradicional. Afinal, vocês não estão literalmente lado a lado, todos os dias.

Para ajudar você que tem desejo de ter uma equipe home office ou você que sonha em trabalhar no conforto do seu lar, confira algumas maneiras para ter um time comprometido!

Essas são formas que seguimos aqui em nosso negócio — isso porque, toda nossa equipe trabalha no regime home office!

10 formas de ter uma equipe home office comprometida

1. Faça reuniões diárias

As reuniões diárias são uma ótima maneira de manter sua equipe home office mais próxima. Vocês não estão todos trabalhando lado a lado, então, existe um certo distanciamento.

Esse tipo de reunião ajuda todos os colaboradores a perceberem que não estão simplesmente largados. Eles contam com a ajuda de toda a equipe e fazem parte de um time, como se estivessem em um emprego presencial!

Aqui, na nossa empresa, todos os dias fazemos a Reunião de Start. Cada membro do time fala rapidamente o que teve de problema no dia anterior e quais serão suas prioridades para o dia de hoje.

Essa é uma forma de alinhar o time e uma pessoa ajudar o outro colega de trabalho. As reuniões são rápidas e não devem ultrapassar 20 minutos.

2. Faça reuniões semanais com toda a empresa

Essa dica funciona bem para quem tem uma empresa pequena. Além das reuniões diárias divididas por setor, você pode incluir também reuniões semanais com todo o time.

A ideia é permitir não apenas que o time se conheça melhor como também que todos da equipe vejam o que está acontecendo e como a empresa está crescendo.

3. Cuide na seleção de pessoas

Ok, o home office é uma opção muito boa, mas: nem todas as pessoas têm perfil para trabalhar direto de casa!

O que isso significa? Que o cuidado na hora de selecionar pessoas para sua equipe é ainda maior. Você precisa identificar, ainda na entrevista, se ela realmente se encaixaria em uma equipe home office.

É preciso observar o perfil comportamental do candidato, principalmente em relação a prazos e entregas. Referências de empregos anteriores (mesmo que presenciais) também podem ser interessantes.

Aqui, para selecionarmos pessoas para nossa equipe, nós trabalhamos com um modelo diferenciado: pedimos que a pessoa nos envie um vídeo juntamente com o currículo, além de aplicamos testes comportamentais.

Esse é um jeito de eliminar os curiosos e aqueles que “mandam o currículo apenas por mandar”.

4. Tenham o mesmo turno de trabalho

Para algumas pessoas, o termo home office é sinônimo de flexibilidade de horário. Mas, é interessante que você não confunda equipe home office com freelance. Esse último, sim, tem flexibilidade de horários e pode trabalhar a hora — e o dia — que quiser.

Agora, se você quer ter uma equipe home office cada vez mais comprometida, o ideal é que todos vocês trabalhem no mesmo turno, para que possam se comunicar com mais facilidade.

É assim que fazemos aqui na empresa. Todo o time trabalha no mesmo horário para facilitar a comunicação e troca de experiências.

5. Tenha uma ferramenta de controle de ponto

Trabalhar direto de casa não precisa ser sinônimo de bagunça. Sim, você tem total direito de instituir um horário de trabalho e cobrar dos funcionários que registrem o ponto, como se estivessem em um emprego presencial.

Isso ajuda não apenas a empresa a ter um controle das horas trabalhadas, como também o funcionário a entrar e sair do “clima de empresa”. Fica mais fácil separar lazer de trabalho.

Uma dica que temos é usar o aplicativo PontoMais, que pode ser acessado tanto pelo desktop quanto pelo celular. Essa é a ferramenta de controle de ponto que usamos aqui em nossa empresa.

6. Use ferramentas de gerenciamento de tarefas

Organizar tarefas é a chave para fazer as coisas darem certo. Mas, como fazer isso quando você e sua equipe não estão lado a lado? Simples, trabalhe com uma ferramenta que deixe transparente tudo o que cada um está fazendo.

O Trello é uma ótima opção — é a ferramenta de gerenciamento de projetos que usamos no nosso dia a dia.

Ele funciona como um quadro de tarefas. Você pode determinar quem será responsável por cada atividade e verificar como está o andamento da tarefa.

Além disso, é possível também determinar prazos de entrega! Além do Trello, vale conhecer serviços como o Asana e TeamWork.

7. Crie comitês

Os comitês funcionam como uma forma de cada equipe entender o quanto seu trabalho está ajudando a empresa a crescer em números.

Você pode criar um para cada setor e deixar que as pessoas não apenas vejam os números como também deem sua opinião e sugestões de como podem ajudar a empresa a crescer ainda mais!

Com os temas de comitês definidos, você pode criar reuniões semanais, de no máximo 20 minutos, para discutirem ideias de melhoria para a empresa.

Não é porque todo mundo trabalha remoto que essa troca de ideias não deve existir. Fazendo isso, seus funcionários se sentirão mais parte do time.

8. Use e abuse de ferramentas de comunicação por áudio

Acredite, não é porque vocês não se veem pessoalmente que não precisam se falar por áudio. Então, você pode incluir na rotina da sua equipe home office o uso de ferramentas de comunicação por áudio, como o Skype, por exemplo.

O ideal é que as reuniões diárias ocorram por áudio ou videoconferência e, em caso de um feedback mais complexo, que ele seja feito também desse jeito.

Isso porque algumas vezes algo escrito pode ser confundido como uma bronca ou até mesmo algo negativo em relação aos projetos e tarefas. Quando o feedback é feito por áudio, a pessoa percebe no seu tom de voz o que você quer dizer.

Assim, você evita mal-entendidos e até mesmo funcionários chateados devido à sua forma de se expressar.

9. Tenha ao menos um evento presencial

Pode parecer estranho ouvir isso, mas quem trabalha direto de casa tem ainda mais necessidade de socializar. O que significa que você deve investir em ter ao menos um evento presencial. No mínimo uma vez por mês.

O objetivo desse evento é permitir que as pessoas da equipe home office se conheçam pessoalmente e conversem.

Você pode criar um clima mais leve e ao mesmo tempo reservar um momento para falar de coisas mais sérias, como metas e melhorias contínuas do que deu – e o que não deu – certo no último mês!

Esse encontro pode ser um dia mais estratégico. Nós, por exemplo, temos o “Firma Day”, dia no qual nos reunimos, fazemos algumas brincadeiras e também falamos de assunto sério. É uma troca de ideias com todo o time.

10. Use o Slack

Além de ferramentas de comunicação por áudio, é legal trabalhar também com aplicativos de chat para manter toda a equipe se comunicando.

Não. Não use o WhatsApp para isso. Deixe os grupos no WhatsApp para situações mais informais ou notificações rápidas, como queda da internet.

No dia a dia, prefira o Slack. Você pode criar um grupo de trabalho no qual apenas seus funcionários têm acesso. Dentro desse grupo de trabalho, você pode criar vários times e as pessoas podem também conversar entre si.

A comunicação fica bem mais organizada e ganha um toque de profissionalismo.

Agora, você já sabe como fazer com que sua equipe home office fique ainda mais alinhada e produtiva.

Conte o que achou das nossas dicas e não deixe de comentar outras técnicas que você utiliza.

CONTINUE NO BLOG

Nós acreditamos que é possível aprender e estudar de diferentes maneiras.

O melhor é que você pode fazer isso através de situações simples como ler um livro ou assistir a um filme.

Se você é dono de uma empresa, dê uma olhada na nossa sugestão de filmes que vão lhe ajudar nessa tarefa:

15 FILMES QUE TODO EMPREENDEDOR DEVERIA ASSISTIR

RECOMENDAÇÃO DE ESPECIALISTA:

Eu acredito que este conteúdo certamente vai te ajudar a chegar mais perto do que você deseja para você e seu negócio. Ele vai te guiar pelos passos iniciais que você precisa trilhar em direção ao RESULTADO.

Mas, na minha opinião, esse é apenas o início do caminho. Se você quer se aprofundar neste tema e ter acesso a um material complementar (mais avançado), recomendo que você acesse o conteúdo complementar a este que você acabou de ler. Basta se inscrever ou clicar abaixo.

7 Comentários

  1. Olá, Stephanie. Gostei sim! Entendi melhor o conceito agora, é uma forma de engajar os colaboradores em tarefas mais amplas, como o exemplo que vc citou do crescimento. Não tínhamos pensado nisso ainda, na verdade até fazemos mas de maneira mais informal, gostei da ideia de sistematizar o processo, fica mais focado. Vou tentar implementar na Fusão Online! Valeu!!

  2. Eu tenho uma pergunta, e quanto à equipamentos, por exemplo, um bom computador e internet que não da pau, softwers profissionais, fica por conta do empregado ter em sua casa?

    1. Oi, Saulo!

      Não, não fica por conta do empregado. Todos os equipamentos são comprados pela empresa e fornecidos ao funcionário. Desde computador parrudo para edição de vídeos e auxílio internet até mesa e cadeira para montar um home office adequado 🙂

      #EquipeCamilaPorto

  3. Muito bom, eu to planejando minha Agência e tinha esse desejo de fazer tudo home office, agora me incentivou mais ainda, acredito muito que pode dar certo, mas não sabia quais ferramentas usar pra organizar tudo isso, Agradeço pelo conteúdo, as dicas foram muito pontuais. Me ajudou bastante!

  4. Muito legais as dicas, valeu! Tenho uma agencia com 4 colaboradores, todos em home office também, é muito bom para todos mas exige muita organização. Gostaria de saber um pouco mais sobre os comitês, pode dar exemplos de alguns temas que vcs utilizam?

    1. Oi Tuco, tudo bem?

      Que bom que gostou de nossas dicas! Nós trabalhamos com o comitê de mídias e o comitê de crescimento, por exemplo. Neles sempre tratamos de assuntos importantes para a semana, como uma tarefa que vai exigir o envolvimento de todos ou uma tarefa fora de nossa rotina (no caso do comitê de crescimento, nos comprometemos toda semana com uma tarefa que esteja fora do nosso trabalho habitual e que pode ajudar no crescimento da empresa).

      Espero que nossas ideias consigam ajudar você a aplicar os comitês na sua empresa!!

      #EquipeCamilaPorto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Semana Venda + com as Mídias Sociais

DE 15 A 21 DE OUTUBRO
Quer entender como usar as Mídias Sociais para faturar alto e atrair mais clientes? (começando com R$5 por dia)

Semana Venda + com as Mídias Sociais