Quais diferenças entre impulsionar e criar anúncio no gerenciador do Facebook?

 Em Facebook

Uma das dúvidas que mais recebemos de nossos alunos é a seguinte questão. Quais são as diferenças entre impulsionar e criar anúncio no gerenciador? Os dois são formatos de anúncio, mas se você não definir a estratégia certa para utilizá-los, o tiro pode sair pela culatra.

O impulsionamento é o mais simples de todos. Ele não traz muitas opções de segmentação e vai gerar maior alcance para um post específico. Já os anúncios criados no Gerenciador ou no Power Editor são mais robustos e capazes de atingir um público bem específico. E, assim, ser mais indicado para sua estratégia de negócio.

A semelhança entre as duas opções é que tanto o anúncio quanto o impulsionamento são formas de anúncio. Ou seja, você precisa de orçamento para criar cada uma das opções.

Quer entender mais essas diferenças? Confira!

Quais diferenças entre impulsionar e criar anúncio no gerenciador?

Agora, você vai compreender as diferenças básicas entre impulsionamento e anúncio criado através do gerenciador:

Impulsionar postagem no Facebook

diferenças entre impulsionar e criar anúncios no gerenciador

O impulsionamento é um tipo de anúncio. Quando você impulsiona uma postagem na sua página no Facebook, você está destacando somente um conteúdo da página. Esse tipo de ação é uma forma de atrair a atenção de clientes ou clientes em potencial e aumentar o alcance da sua postagem.

O interessante de se fazer um impulsionamento é o fato de que os amigos dos seus seguidores podem ver as curtidas e comentários da publicação. Isso dá mais credibilidade e confiança para seu negócio. Afinal de contas, se um amigo seu curte aquela página, isso é um indicativo de que a página é interessante.

Esse post aparece em destaque no Feed de Notícias, por isso as chances dessa publicação ser exibida para seu público são grandes. Mas, vale ressaltar que esse conteúdo aparece somente no Feed de Notícias via Mobile ou Desktop. Você não consegue definir objetivos de campanha. O máximo de informações personalizadas em um impulsionamento são:

  • Pessoas que você seleciona através de direcionamentos (local, idade, gênero e interesse);
  • Pessoas que curtiram sua página;
  • Pessoas que curtiram sua página e amigos delas;
  • Públicos personalizados definidos anteriormente.

É muito importante você entender seu público antes de fazer um impulsionamento. Como o botão “Impulsionar” aparece logo abaixo de cada postagem, é meio natural você ficar com aquele desejo de clicar ali e usar o recurso. Avalie se o impulsionamento faz sentido na sua estratégia no Facebook.

Criar anúncio no Facebook com Gerenciador ou Power Editor

Agora, se você precisa descobrir um anúncio perfeito, criar campanhas no Gerenciador de Anúncios ou no Power Editor é o mais indicado. Isso porque você pode trabalhar com os objetivos de campanha. Os objetivos das campanhas abrem um leque de direcionamento do seu anúncio e garantem uma maior otimização.

Você pode pensar que o impulsionamento faz isso, mas lá o foco acaba sendo no alcance das postagens. Se você está interessado em ter conversões, o anúncio é o caminho.

Quando você cria um anúncio, esse conteúdo não aparece na timeline da sua página – como se fosse uma postagem na sua página. Isso é interessante para o seguidor, pois imagine que chato ver todos os dias vários posts no Feed de Notícias? Os anúncios também podem ser mostrados em outras áreas no Facebook, como na barra lateral, por exemplo.

No Gerenciador de Anúncios ou Power Editor, você cria vários anúncios ao mesmo tempo e faz os testes para avaliar qual possui um desempenho melhor focado no seu negócio. Você consegue fazer testes A/B, inclusive, para testar qual texto e imagem do anúncio performa melhor e atrair mais clientes para sua empresa.

Então, resumindo de uma maneira bem simples:

diferenças entre impulsionar e criar anúncio no gerenciador

Conseguiu entender um pouquinho a diferença entre impulsionar e criar anúncio no Gerenciador do Facebook? Os dois são formatos de anúncios e que precisam de orçamento, mas um é mais “estratégico”, assim dizendo.

Veja o que faz mais sentido com o seu negócio e aposte na divulgação da sua marca no Facebook.

CONTINUE NO BLOG

Quanto investir em cada anúncio? Essa é outra dúvida bem comum que recebemos dos nossos alunos. A dica que podemos passar é comece com um orçamento baixo, para você ir se acostumando com a ferramenta, e aumente o investimento aos poucos.

Para te ajudar a entender mais sobre isso, nós criamos um guia de orçamento para pequenas empresas. Confira:

QUANTO CUSTAM OS ANÚNCIOS NO FACEBOOK? GUIA DE ORÇAMENTO PARA PEQUENAS EMPRESAS

QUER MAIS?

Já imaginou ter mais informações exclusivas e totalmente gratuitas sobre esse assunto?

É só baixar AGORA o material abaixo, aplicar no seu negócio e bombar as suas redes sociais.

Aprofunde os seus conhecimentos com o meu material que é 100% gratuito. Baixe já:


banner-final-webinar-anuncios
Artigos Relacionados
2 comentários
  • Ergilio
    Responder

    Ola Camila,
    Bem , impulsionei uma publicacao mas os amigos da pagina nao consegue ve-la. O que podera ter acontecido?

    • Andressa Pellanda
      Responder

      Oi, Ergilio

      Pode ser que:

      1. Que o valor do orçamento não abrange um público tão grande

      2. Você tenha esquecido de marcar a opção “Pessoas que curtiram a página e amigos delas”. Às vezes, achamos que selecionamos, mas algo ficou de fora sem querer. Acontece!

      Selecionar essa opção não significa que 100% dos amigos dos seus seguidores vão receber o anúncio, ok? O orçamento também interfere nisso 🙂

      Um abraço
      #EquipeCamilaPorto