7 formatos de conteúdo que você pode produzir no seu blog

Marketing de conteúdo | Nenhum comentário

Você está em busca de ideias de formatos de conteúdo para abordar em seu blog? Muitas empresas, de diferentes segmentos, estão aderindo à criação de blogs para seus sites de produtos e serviços.

Afinal de contas, é uma maneira de fazer um conteúdo, publicar na internet e ter a chance de atrair um novo usuário por meio das buscas no Google (principalmente se seu site estiver bem otimizado), ter conteúdos diferentes para publicar nas páginas no Facebook e em outras redes sociais.

Porém, é sempre um desafio pensar na pauta para um blog. Você tem que dedicar um tempo à pesquisa para encontrar os temas, organizar as datas de publicação e, principalmente, colocar a mão na massa e produzir o conteúdo.

E, atrelado a esse desafio, você também tem que ficar muito atento para não cair na mesmice. Ou seja, acabar publicando sempre o mesmo tipo de conteúdo… Se isso acontecer, possivelmente seus usuários vão se cansar.

Pensando em te dar uma forcinha, nós vamos listar formatos de conteúdo que você pode preparar em seu blog, independente do segmento que você atua. Confira!

1. Vídeos, um dos melhores formatos de conteúdo

formatos de conteúdo

Você já sabe que vídeos são formatos de conteúdo que bombam no Facebook… E você pode usar todo o poder desse conteúdo também no seu blog.

Uma coisa que costumamos fazer no nosso blog é reutilizar esses conteúdos. Vou te explicar melhor. Gravamos um vídeo e postamos esse conteúdo no YouTube. Esse mesmo arquivo é enviado na nossa página do Facebook e aqueles que geram maior interação, que fazem mais sucesso de acordo com as nossas métricas, nós transformamos em posts no nosso blog.

É isso que eu me refiro quando falamos em reutilizar esse conteúdo. Essa pode ser uma alternativa para você começar a usar conteúdos de vídeos que você tenha feito para seu canal ou até mesmo de uma live no Facebook: incorpore esses vídeos e crie um post para seu blog.

Claro que esse formato de conteúdo é mais trabalhoso, mais elaborado do que apenas um texto – mas isso não significa que você tenha que fazer uma super produção, viu? Pode usar a câmera do seu celular, um editor de vídeo mobile etc.

Mas tenha em mente que vale muito a pena criar esses conteúdos. Para você ter uma ideia desse poder, de acordo com uma pesquisa da Cisco, até 2020, 82%  de todo o tráfego na internet vai acontecer por meio de vídeos.

2. Conteúdos em formato de listas

formatos de conteúdo

As pessoas AMAM listas! Tudo começou com o BuzzFeed, que identificou essa tendência, essa paixão das pessoas pelas listas, e o formato pegou de vez na internet.

As listas são conteúdo visuais que realmente atraem e, se bem explorados, geram publicações de muita qualidade. Veja esse post que você está lendo, por exemplo, ele é no formato de conteúdo de lista!

Nós destacamos a quantidade de itens já no título e estruturamos o conteúdo dessa maneira. Cada tópico tem uma explicação, mas você também pode fazer algo mais sucinto, como nos primórdios do BuzzFeed. E o conteúdo de lista é altamente aplicável para qualquer tipo de negócio.

  • Se você é um arquiteto, você pode fazer listas de projetos seus, listas de projetos de inspiração, lista de tendências;
  • Se você é técnico de informática, você pode listar opções de computadores e periféricos de qualidade;
  • Se você tem uma padaria, você criar listas com os tipos de bolos que você vende em seu estabelecimento;
  • Se você tem uma oficina mecânica, você pode listar os itens que devem ser checados na troca de óleo.

E por aí vai! Note que todo tipo de segmento pode ter um blog e produzir conteúdos em forma de listas de acordo com seu universo.

3. Tutoriais, conteúdos eternos

formatos de conteúdo

Nós somos MUITO fãs desses formatos de conteúdo. Um tutorial é um conteúdo atemporal. Isso significa que em qualquer época do ano, alguém pode realizar uma pesquisa no Google por esse tema e cair no nosso blog. Por isso, nós investimos tanto na produção de tutoriais.

Geralmente, quando criamos esses conteúdos, eles não bombam no primeiro dia. É normal que isso aconteça, nem sempre um leitor do nosso blog está em busca daquele conteúdo naquele dia. E não tem problema.

Nós apostamos nos tutoriais pensando a médio e longo prazo. Eventualmente, nós precisamos editar um texto (porque algum recurso no Facebook mudou, por exemplo). Mas isso acaba sendo mais difícil. E é justamente esse formato de conteúdo de tutorial que mais traz usuários orgânicos para nosso blog.

Sem contar no fato de um tutorial ser visto como uma “moeda social”. Você está agregando valor para alguém, ensinando e ajudando a resolver um problema.

Por isso, tenha em mente que vale a pena fazer tutoriais –  novamente, independente da sua área de atuação. Veja exemplos:

  • Se você é dentista, você pode fazer um tutorial sobre escovação de dentes, sobre como usar o fio dental corretamente;
  • Se você é personal trainer, você pode fazer um tutorial sobre alongamento pós-treino;
  • Se você é nutricionista, você pode fazer o tutorial ensinando alguém a preparar uma refeição saudável;
  • Se você é confeiteira, um tutorial sobre como fazer o brigadeiro perfeito pode te destacar no Google.

E assim por diante. Pense no que você pode ensinar para o seu leitor.

4. Infográficos

formatos de conteúdo

Como não amar um infográfico bem produzido?! Esse é o tipo de conteúdo que encanta só de olhar, mas ele precisa trazer dados de qualidade, lembre-se disso.

Existe uma infinidade de ideias para você explorar os infográficos na produção de conteúdos para seu blog. Você pode compilar dados de pesquisas do setor em que sua empresa atua, você pode mostrar até dados da sua empresa!

Nós listamos 6 ferramentas online excelentes para quem não é da área de design conseguir criar infográficos com requintes profissionais.

4.1 Pesquisas

Ok, se apresentar os dados no formato de infográfico é muito complexo para você, colete informações de seus clientes, do mercado no qual você atua, e, em vez de transformar esses dados em infográfico, poste como texto em seu blog.

Acredite, é um conteúdo bem relevante para o público. Novamente, independente da sua área de atuação.

5. Análise e demonstração

formatos de conteúdo

Quer forma melhor de mostrar o que você REALMENTE oferece de vantagem para seu cliente do que essa? Esse é mais um dos 7 formatos de conteúdo que pode ser elaborado em todos os segmentos.

Você vai fazer uma demonstração do seu produto para o seu público. Aqui, você pode, inclusive, fazer em formato de vídeo, hein?! A ideia é que você apresente seus produtos, fazendo propaganda mesmo deles, mostrando os benefícios e esclarecendo dúvidas de seus clientes.

Se você não possui um produto propriamente dito e é um prestador de serviço, você pode abordar esse tipo de conteúdo de duas formas:

  • Fazendo um estudo de caso, mostrando os resultados que seus clientes obtiveram com a sua consultoria;
  • Fazer uma análise de um produto da sua área, como um gerenciador de tarefas, programa de controle de vendas etc.

Não limite a sua criatividade!

6. Entrevistas

formatos de conteúdo

Conversar com pessoas que são autoridade em uma área é excelente para seu blog. Você traz um nome conhecido em seu segmento ou de uma pessoa que você confia muito e sabe que tem conhecimentos incríveis para compartilhar com sua audiência.

Esses são formatos de conteúdo que agregam valor em seu blog. Ter opiniões e argumentações de especialistas mostra segurança e garante que a produção do seu conteúdo tenha respaldo profissional.

Se você não tem muito contato com pessoas que são autoridade no seu segmento, não tem problema. Existe um site muito bacana chamado Ajude um Repórter. Você faz uma solicitação de entrevista, que pode ser conduzida por e-mail, e diversas assessorias de imprensa entram em contato com você.

É uma maneira de conseguir a opinião de um profissional, mesmo sem ter o número do WhatsApp dele.

7. Seus resultados

formatos de conteúdo

Esse é um tipo de conteúdo 100% autoral e que bomba! Você pode pegar os seus resultados e fazer postagens em seu blogs.

É muito parecido com os estudos de caso, já citados acima. Mas, você abre as informações (que podem ser compartilhadas com sua audiência sem prejudicar sua estratégia) do seu negócio. Você mostra seus resultados, o que deu certo e também o que deu errado.

Essa é uma chance de se tornar referência e oferecer um diferencial para seu público. Esse tipo de conteúdo combina mais com quem é da área de business, palestrantes, coaching e de quem oferece cursos online.

Agora queremos saber de você! Quais desses formatos de conteúdo você acredita que pode começar hoje mesmo a produzir para seu blog?

Deixei seu comentário, nós vamos adorar saber se o conteúdo foi relevante para você.

CONTINUE NO BLOG

Se você quer se destacar ainda mais com suas produções no blog, que tal conferir nossas dicas, nossos segredinhos, para a produção de conteúdos altamente compartilháveis nas redes sociais?

Confira nossas técnicas e melhore ainda mais seus posts:

6 SEGREDOS PARA CRIAR UM CONTEÚDO DE SUCESSO NAS REDES SOCIAIS

QUER MAIS?

Sua estratégia de conteúdo pode ficar cada vez melhor.

Com as estratégias certas, você pode gerar autoridade no seu segmento, aproveitar a audiência de várias plataformas e ainda atrair muito mais clientes.

Aprofunde seus conhecimentos em Marketing de Conteúdo clicando na imagem abaixo:

Tags:
  • marketing de conteudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.