Marketing de Esperança: Você apenas espera ou faz acontecer?

Empreendedorismo | Nenhum comentário

Será que você vive o marketing de esperança? Eu espero que não.

Hoje estou aqui para compartilhar com você o que aprendi com Érico Rocha sobre o marketing da esperança.

Marketing de esperança: Será que você vive essa situação?

Se você não conhece o Érico Rocha, quando terminar de ler esse post, procure por ele no Google.

Você vai encontrar muito conteúdo e várias histórias de sucesso a partir do que o Érico compartilha. Recomendo que você  acompanhe tudo que ele publica, garanto que ele pode te ajudar muito, assim como me ajudou.

Se você vive o marketing de esperança, se identifica com ele e percebe que faz parte de sua realidade, no fim desse post eu tenho um convite especial para te fazer. 😉

Minha história com o Marketing de Esperança

Em 2013 eu conheci o Érico através de algumas pessoas. A partir de então, comecei a acompanhar as histórias e o conteúdo dele. Confesso que quando fui apresentada ao conteúdo do Érico, achei tudo muito estranho.

No fim de 2013 eu já trabalhava com treinamentos, e já estava começando meu negócio. Eu sabia que tinha um bom conteúdo, mas simplesmente não tinha resultados. O meu negócio não gerava o dinheiro que eu achava que poderia gerar. O resultado simplesmente não vinha.

Eu achava que isso era normal. Com o tempo tudo ia caminhar, e as coisas iriam melhorar. Eu tinha a esperança de que aquilo ia mudar de um dia para o outro, ou que em algum momento algo ia acontecer e minha realidade ia mudar.

Essa questão do marketing de esperança me pegou quando eu estava exatamente nessa fase: eu sabia que eu tinha um bom produto, um bom serviço, mas simplesmente não conseguia gerar resultados.

Assistindo um dos vídeos do Érico, descobri o  marketing de esperança. Nesse vídeo, ele descreveu o marketing de esperança, que é quando você tem bons produtos, bons serviços, mas simplesmente não consegue gerar vendas.

Foi aí que as coisas começaram a fazer sentido para mim.

É claro, no começo eu achava tudo “bom demais para ser verdade”. Várias pessoas vieram falar comigo, dizendo que estavam aplicando o que ele estava falando, então comecei a acreditar e a aplicar o que o Érico falava.

Eu também já passei por essa fase!

Eu fazia o marketing de esperança. Eu vivi o marketing de esperança. Mas como a nova forma de fazer marketing que o Érico mostrou, fazia sentido e funcionaria para mim?

Eu achava que eu tinha um bom serviço, um bom produto, e simplesmente ficava na esperança, torcendo para que alguém comprasse meu treinamento naquele dia.

Torcendo para fazer uma venda, do tipo: “Bem que podia aparecer uma alma abençoada hoje e comprar meu treinamento”. Eu achava que isso era normal. Simplesmente colocava meu produto à venda e esperava as pessoas virem até mim.

Isso é viver o marketing de esperança: é achar que vai acontecer algum milagre e você vai começar a ter resultado.

A partir do momento que eu entendi que não é assim que as coisas funcionam,  entendi a metodologia que faria meu negócio se transformar e o sucesso começar a vir.

Se você acredita que o que você faz é bom, se acredita no que vende e acha que ajuda a vida das pessoas, mas simplesmente não sabe porque não tem resultados? Acredito muito que você pode estar vivendo o marketing de esperança, que eu já vivi.

Se você está se perguntando porque alguns empreendedores têm sucesso e outros não, eu acredito que seja muito importante mudar a maneira como você vende seus produtos e serviços.

Assista ao vídeo:

Continue aqui no Blog!

Quer saber como escalar um negócio da maneira correta? Confira o post:

Como Escalar Um Negócio: Aprenda Com o Criador do Hotmart

Quer mais?

Já imaginou ter mais informações exclusivas e totalmente gratuitas sobre esse assunto?

É só baixar AGORA o material abaixo, aplicar no seu negócio e bombar as suas redes sociais.

Aprofunde os seus conhecimentos com o meu material que é 100% gratuito. Baixe já:

Tags:
  • marketing de esperança
  • transforme
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...

Pesquise no blog

VOCÊ PODE GOSTAR...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.