Como medir o sucesso de um vídeo nas redes sociais?

Vídeos | Nenhum comentário

Como o sucesso de um vídeo é mensurado? Será pelo número de visualizações ou pelo número de comentários?

Existem diferentes métricas usadas na hora de avaliar o desempenho de um vídeo nas redes sociais. Tudo vai depender do objetivo do seu negócio e do propósito que o vídeo foi feito.

Um vídeo para o topo do funil de conteúdo, por exemplo, tem o intuito de atingir o maior número de pessoas, ou seja: precisa ter um valor elevado de visualizações. Já um vídeo de vendas tem o foco em conversão, ou seja: precisa ter muitos cliques no botão de compra.

Descubra quais são as métricas básicas utilizadas para mensurar o sucesso de um vídeo no Facebook e no YouTube:

MÉTRICAS PARA AVALIAR VÍDEOS NO FACEBOOK

O Facebook conta com suas próprias métricas para avaliar vídeos. A partir delas, você consegue entender o que está dando resultado e o que precisa ser modificado – ou até mesmo descartado – na sua estratégia de conteúdo.

Tudo é feito através do Facebook Insights. Para acessá-lo, abra sua página e, no topo, clique em Informações. No menu esquerdo, clique em Vídeos.

Uma lista com todos os seus vídeos vai surgir. Basta clicar em cima de um deles para ter acesso às métricas respectivas daquele vídeo.

1. VISUALIZAÇÕES DO VÍDEO

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

A taxa de visualização mostra quantas pessoas assistiram ao seu vídeo. No caso, inclui até mesmo quem viu apenas os primeiros 3 segundos — que é o mínimo que o Facebook utiliza para considerar como uma visualização.

Essa métrica ajuda a entender quantas pessoas estão vendo o vídeo no Facebook, seja através do alcance orgânico ou pago.

Uma queda de visualização de um vídeo publicado há algum tempo é natural. Agora, se você observou que logo após a publicação sua taxa de visualização é baixa, é hora de prestar atenção.

Para conseguir manter o usuário assistindo, o vídeo precisa conquistá-lo logo nos primeiros segundos. Headlines, textos e imagens chamativos são essenciais para que a pessoa não desista de assistir.

No caso de vídeos para Facebook, aposte também em legendas. A maioria das pessoas não ativa o áudio e, se não há nada escrito, você pode perder visualizações.

2. TEMPO MÉDIO ASSISTIDO

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

O tempo médio assistido mostra, do total de segundos do vídeo, quantos foram realmente assistidos, em média, por quem foi impactado pela postagem. Essa métrica ajuda você a entender quem realmente se interessou pelo conteúdo ou simplesmente o ignorou nos primeiros segundos.

Fique atento se o tempo médio for baixo em relação ao tempo total do vídeo. Isso significa que você não conseguiu prender a atenção dos fãs.

Cuide para não ser repetitivo ao longo de explicações e evite ao máximo os vídeos longos. Deixe os vídeos maiores para o YouTube.

3. ALCANCE ORGÂNICO

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

O alcance orgânico envolve o número de pessoas que foram alcançadas pelo seu vídeo sem que fosse necessário patrocinar a postagem.

Você tem acesso a dados de alcance orgânico em “Público e Envolvimento”. Nesse espaço, você vê a porcentagem de alcance orgânico para “Pessoas Alcançadas” e “Visualizadores únicos”.

O alcance orgânico realmente caiu. O algoritmo do Facebook leva em consideração muitas variáveis para mostrar ou não um conteúdo para os usuários. Portanto, é natural que o orgânico seja inferior ao pago.

4. ALCANCE DO VÍDEO

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

A métrica alcance do vídeo envolve uma taxa de pessoas que foram atingidas pela sua postagem, seja organicamente ou de forma paga. Você pode observar os resultados dessa métrica dentro de “Pessoas Alcançadas” e “Visualizadores Únicos”.

O objetivo é ajudar você a entender quantas pessoas foram impactadas pelo seu conteúdo de forma orgânica e paga.

É interessante que você tenha a sua “verba de guerra”, que é quanto você pode investir em anúncios e impulsionamentos de conteúdos.

Se você segmentar para as pessoas certas, mesmo que o investimento inicial seja baixo, você já começa a ter bons resultados.

5. VISUALIZAÇÕES DE 50%, 75% E 95%

Essa métrica pode ser vista como uma taxa de retenção. No entanto, ela não existe propriamente no Facebook Insights e é preciso baixar o arquivo Excel com o relatório de um determinado período.

Para baixar o arquivo:

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

  1. Clique em Período;
  2. Selecione Dado do vídeo;
  3. Clique em Exportar dados.

Nessa planilha, você consegue saber quantas pessoas em média assistiram a 50%, 75% e 95% do seu vídeo.

As visualizações de 50%, 75% e 95% ajudam a entender se seu vídeo está conseguindo manter a atenção e conquistar o público. Quanto mais visualizações de 95%, melhor é o seu desempenho.

Se suas visualizações estão altas no 50% e baixas nas outras taxas, pense no que você pode mudar do meio para o fim do vídeo. Pode ser que o conteúdo esteja muito extenso para o Facebook, por exemplo, ou até repetitivo e com informações irrelevantes… Tudo isso faz com que a audiência se disperse.

A dica para aumentar suas visualizações de 95% é: faça vídeos dinâmicos, diretos e interessantes.

Essa métrica também ajuda nas suas ações de remarketing, permitindo que quem assistiu a parte do seu vídeo seja impactado com outro anúncio.

6. ENVOLVIMENTO COM A PUBLICAÇÃO

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

A métrica de envolvimento com a publicação ajuda a observar como sua audiência está reagindo aos seus vídeos. Mostra quantas pessoas estão interagindo com o conteúdo postado e como ele está se propagando pelo Facebook.

Comentários, reações, marcações e compartilhamentos positivos ajudam a aumentar o seu alcance.

Vale a pena também prestar atenção na copy, que é o texto persuasivo que você publica junto com o vídeo no Facebook. Faça perguntas, por exemplo, para incentivar o usuário a comentar na postagem e até mesmo compartilhar o conteúdo.

Conheça outras técnicas para aumentar seu engajamento no Facebook, clique aqui.

MÉTRICAS PARA AVALIAR VÍDEOS NO YOUTUBE

Para o YouTube, a forma de ter acesso às métricas para avaliar vídeos é através do YouTube Analytics. Você encontrará informações sobre seu canal do YouTube e também sobre os vídeos postados.

Confira quais métricas para avaliar vídeos são as mais importantes e devem ser observadas:

7. NÚMERO DE VISUALIZAÇÕES

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

O número de visualizações ajuda a entender quantas pessoas viram o vídeo em algum momento, deram play e assistiram a alguma parte do material.

É uma métrica um pouco ilusória e deve ser analisada junto com outras métricas para avaliar vídeos, como a retenção de público. O motivo? O número de visualizações é algo mais geral. Qualquer pessoa que acessou o vídeo no YouTube em algum momento é considerada uma visualização.

Um número baixo de visualizações indica que seu vídeo não está se propagando. A dica é investir mais na divulgação em outros canais para trazer interessados em assistir ao seu conteúdo.

8. RETENÇÃO DE PÚBLICO

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

A retenção de público mostra o tempo médio de visualização dos seus vídeos.

Ajuda você a perceber se as pessoas estão assistindo até o final ou abandonando a exibição em determinado momento. É possível ter acesso aos números tanto em minutos quanto em porcentagem.

A taxa de retenção ideal é de pelo menos 50%. Se você postou um vídeos de 10 minutos, o ideal é que o tempo médio esteja próximo aos 5 minutos, por exemplo. Se a retenção é baixa, significa que você não impactou seu público. Ou seja, ele perdeu o interesse e logo deixou de lado o seu conteúdo.

Com essa métrica, você consegue entender:

  • Qual seria o tempo ideal para um próximo vídeo;
  • Qual tipo de conteúdo seu público gosta mais;
  • O que não agrada sua audiência;
  • O que precisa ser modificado.

9. ORIGEM DO TRÁFEGO

Métricas para avaliar vídeos: conheça 12 que não devem ser ignoradas

 

Dentre as métricas para avaliar vídeos no YouTube, a origem do tráfego mostra de onde vieram as visualizações dos seus vídeos.

Ajuda a entender qual é a principal fonte das visualizações do seu vídeo, ou seja, de onde vem a maior parte da sua audiência. Com isso, é possível se dedicar ainda mais na divulgação nesses canais.

Por exemplo, quem recebe muitas visualizações a partir da “Pesquisa do YouTube” precisa trabalhar um bom título e descrição. De forma que seja mais fácil ser encontrado e que seu vídeo seja uma das primeiras opções de busca.

O SEO pode ser aplicado nesse caso e ajudará você a ser encontrado mais facilmente não apenas na própria busca do YouTube como também na busca do Google.

10. ENVOLVIMENTO COM O VÍDEO

O envolvimento ou engajamento com o vídeo é uma das métricas para avaliar vídeos que pode ser observada no YouTube através de:

  • Reações como “Gostei” ou “Não Gostei”;
  • Inscrições no canal;
  • Comentários;
  • Compartilhamentos.

Você pode consultar cada um desses relatórios dentro do próprio YouTube Analytics.

CONTINUE NO BLOG

Contar com métricas de avaliação é essencial para entender o quanto seu conteúdo está chamando a atenção da sua audiência.

Isso significa que você deve monitorar o desempenho de seus vídeos e também de suas páginas.

Confira nosso texto sobre métricas de desempenho no Facebook:

MÉTRICAS DE DESEMPENHO NO FACEBOOK: 5 MANEIRAS DE AVALIAR SUA FANPAGE

RECOMENDAÇÃO DE ESPECIALISTA:

Eu acredito que este conteúdo certamente vai te ajudar a chegar mais perto do que você deseja para você e seu negócio. Ele vai te guiar pelos passos iniciais que você precisa trilhar em direção ao RESULTADO.

Mas, na minha opinião, esse é apenas o início do caminho. Se você quer se aprofundar neste tema e ter acesso a um material complementar (mais avançado), recomendo que você acesse o conteúdo complementar a este que você acabou de ler. Basta se inscrever ou clicar abaixo.

Tags:
  • webinar anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.