Não compre fãs, faça anúncios

Facebook | 6 Comentários

Se nos anos 60 a frase “Faça amor, não faça guerra” era o retrato de uma geração, “não compre fãs, faça anúncios” pode ser a frase da geração Facebook? Talvez isso que eu disse não tenha nada a ver, mas o fato é que estão pipocando por aí discussões inflamadas sobre a venda de fãs para bombar fan pages no Facebook. Quem vende, bate no peito e garante que dá resultado. Quem não consegue nem imaginar esta prática, fica se perguntando “por que, meu Deus, as pessoas acham que inflar uma fan page é uma coisa boa?”.

Basta buscar por “comprar fãs Facebook” para que diversas ofertas apareçam. Não é bruxaria, é tecnologia, como a da empresa abaixo, que oferece mil fãs por 35 reais.

 Compre Curtidas Para Facebook, Instagram, Twitter E Youtube - Capital Zona Sul - no MercadoLivre 2014-09-18 12-32-18 2014-09-18 12-32-35

Discussões mais inflamadas entre quem vende e quem não compra, também não são difíceis de serem encontradas. O fato é, que além de toda aquela ladainha que você já sabe sobre fãs vazios, ao comprar fãs você pode estar colaborando para um sistema fraudulento de roubo de senhas. Isso já foi amplamente divulgado no caso do botão Dislike ou o golpe “Quem visitou seu perfil”, que são uma das formas de “capturar” fãs para curtir páginas.

 Se você quer gastar, gaste com anúncios

Depois desta introdução, vamos ao que interessa. A minha opinião para quem compra fãs ou seguidores é a seguinte: “azar o seu”. O primeiro ponto que temos que levar em consideração é que o trabalho nas redes sociais é de médio e longo prazo, por estar em um ambiente de relacionamento. Por isso, o fato do seu Facebook ter muitos ou poucos fãs, pode ser um reflexo do seu trabalho em várias frentes. Desde o próprio conteúdo da sua página, até o seu produto ou atendimento. Afinal, de nada adianta ter um Facebook “descolado” se seu produto ou serviço é ruim. Hoje, não dá para tapar o Sol com a peneira e as falhas das empresas são divulgadas com facilidade dentro do próprio Facebook.

Partindo deste princípio, se você tem dinheiro para investir no aumento da audiência do Facebook da sua empresa, ao invés de financiar métodos obscuros de obtenção de fãs, por que você não investe em anúncios? Anunciar no Facebook é uma forma honesta, tanto para sua empresa, quanto para as demais pessoas.

Vamos a um exemplo

Vou pegar um exemplo prático que realizamos para um cliente há um ano. Era a primeira vez que este evento de futebol, conhecido pelo público dos 13 aos 17 anos, tem presença no Facebook. Como ainda não tínhamos alguns contratos de parceria para mídia e iniciamos o projeto do zero, investimos US$8.00 em anúncios durante uma semana para informar o público de que o evento em questão está no Facebook.

Milan Junior Camp Curitiba 2014-09-18 12-38-11 2014-09-18 12-38-12

Com US$8.00 (que considero um valor extremamente baixo, se puder investir mais, invista) e três formatos de anúncios, tivemos os seguintes resultados:

  • Alcance: 21.877
  • Frequência: 2,8
  • Alcance social: 387
  • Ações: 203
  • Curtidas: 146
  • CTR: 0.234%
  • Gasto: $8.00

Com este valor e com anúncios variados e segmentados, conseguimos aumentar nossa base de fãs com pessoas extremamente qualificadas e que fazem parte do nosso público-alvo. Hoje o evento não tem mais presença no Facebook, o que é uma pena, mas conseguimos com a ajuda do Facebook lotar todas as vagas e promover um enorme buzz entre os participantes. Não precisávamos de muita gente, mas das pessoas certas.

Comprar fãs? Quem curte?

O que gostaria de frisar com estes dados não são os resultados deste anúncio em especial, mas sim, que a partir deles é possível conseguir fãs dentro do seu público e que possuem origem lícita (supondo que ao comprar fãs você não sabe a origem destas pessoas). Para nós, os resultados desta campanha foram extremamente satisfatórios, pois em um final de semana conseguimos chegar aos 140 fãs, partindo de uma base de pouco mais de 10 fãs.

Porém, o que nos permitiu chegar a este resultado interessante foi a seguinte estratégia:

Além de criarmos anúncios atrativos para o público que iriamos atingir, fizemos algo que muitas empresas não costumam fazer. Ao promover anúncios para aumento de base de fãs, poucos se preocupam com o conteúdo da página que este novo fã vai encontrar. Sendo assim, ou a pessoa nem curte a fan page ou, se curtir, não interage mais, devido à falta de atratividade do conteúdo.

Por isso, o que quero deixar claro é que comprar fãs não é uma estratégia muito inteligente por uma série de fatores. Promover campanhas segmentadas, com mensagens atrativas e criativas, é uma forma mais racional e profissional de conseguir audiência para a sua página. Porém, o que dará sentido a toda a sua estratégia de fãs e audiência, é o conteúdo e os atrativos que você irá oferecer a este fã. Sem o engajamento dele com sua página, mesmo fazendo anúncios, você cairá no mesmo “conto do vigário” da compra de fãs. Pense em suas estratégias de anúncios sempre como um ciclo:

Anúncio -> Conteúdo atrativo -> Anúncios= fãs

Você terá números das duas formas, com anúncios ou comprando fãs, mas não terá nada além disso. Lembre-se: redes sociais é um trabalho de longo a médio prazo e que depende da postura sua empresa em vários âmbitos. Sendo assim, não ache que bombando de fãs sua página sua vida será melhor, pois será justamente o contrário. Como você vai justificar para o seu chefe ou para a sua conta bancária que todos aqueles números no Facebook não dizem nada no faturamento mensal?

Tags:
  • anuncios
  • aumentar
  • curtir
  • facebook
  • fas
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...

Pesquise no blog

VOCÊ PODE GOSTAR...

6 Comentários

  1. concordo plenamente!!!!!!!!!!!!! parabéns pelo artigo!!!!
    Até porque quantidade não é qualidade, já tive que curtir uma página, só para reclamar!!! pois não aceitavam comentário de quem não tinha curtido

  2. concordo plenamente!!!!!!!!!!!!! parabéns pelo artigo!!!!
    Até porque quantidade não é qualidade, já tive que curtir uma página, só para reclamar!!! pois não aceitavam comentário de quem não tinha curtido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.