O que o Facebook nos reserva para 2013: uma conversa com Dennis Yu e Jon Loomer

Facebook | 4 Comentários

Mais um ano começa e junto a ele, mais e mais expectativas sempre surgem. Ter expectativas é uma das coisas mais importantes de um mercado tão competitivo como o online. Sem esperar por melhorias ou novidades, estaríamos correndo em círculos, sem perspectiva de mudanças, o que nos deixaria sempre no mesmo passo.

Porém, 2012 definitivamente foi um ano repleto de noticias e novidades, especialmente quando falamos sobre o Facebook. Muitas mudanças aconteceram na rede social no ano que passou. Da timeline para as marcas aos anúncios que invadiram quase todos os lugares e saíram do Facebook, com o Facebook Exchange, 2013 reserva ainda mais lançamentos.

Em busca de tendências e ‘previsões’, conversei com dois grandes profissionais da área do Marketing online para, juntos, trazermos algumas apostas para o ano que se inicia no Facebook. Os dois convidados internacionais a trazer suas visões e apostas para o Facebook em 2013 são Dennis Yu, CEO da Blitzmetrics, e Jon Loomer, consultor e profissional de marketing. Os dois, para mim, são grandes nomes do Marketing Digital e, por atuarem nos EUA, certamente possuem uma visão mais adiantada do Facebook Marketing, tendo em vista que as grandes novidades da rede social sempre chegam primeiro por lá.

O que esperar do Facebook em 2013? 

Tomei a liberdade em trazer as minhas apostas também e, junto aos dois convidados, apresentar o que tende a ser o futuro próximo da rede social.

1) Investimento em Mobile 

2012 trouxe muitas melhorias do Facebook no âmbito dos dispositivos móveis. Alterações na forma de visualizar o conteúdo de páginas e perfis com a chegada da atualização para o app móvel do Facebook e o aumento dos acessos via dispositivos móveis, o que acarretou a queda na visualização de anúncios.

Mais foco no mobile no Facebook

Não há dúvida que o mobile seja um grande foco do Facebook. Segundo o próprio Facebook, até 30 de setembro de 2012, os serviços mobile da rede social contaram com 604 milhões de usuários mensais. É o também que acredita Jon Loomer também. Segundo ele:

“Uma das minhas apostas é o mobile, óbvio.  Mas, o Facebook terá que descobrir como incluirá melhorias em seus aplicativos e os abrirá para a publicidade sem impactar negativamente a experiência do usuário”.  

2) Mais formatos de anúncios 

Vários formatos de publicidade chegaram ao Facebook em 2012. Premium Ads, Logout Experience, Facebook OffersPosts Patrocinados, o Facebook Exchange e até Posts Patrocinados para perfis.

Dennis Yu também acredita que mais anúncios serão comuns no Facebook. Segundo ele:

“Tudo estará à venda. Anúncios em dispositivos móveis, na busca, álbuns e em qualquer lugar. O Facebook será invadido por anúncios. Alguns até pensarão que o Facebook é o novo MySpace. Até que isso se resolva, causará um grande desafio entre a experiência do usuário e o que os anunciantes querem.”  

Jon Lommer aponta também um grande desafio entre a experiência do usuário e o aumento dos anúncios:

“O Facebook está sempre em constante mudança. Minha aposta é que 2013 seja o ano que as mudanças farão sentido para melhorar a experiência do usuário. Mais controle e entendimento sobre o que se vê e porque”.  

Minha aposta vai ao encontro as opiniões de ambos, inclusive no que diz respeito ao aumento dos formatos de anúncios e número de anúncios nas páginas da rede social. Além disso, aposto em mais anúncios em outros lugares, como bem sinalizou o Dennis. Já temos os anúncios nas buscas e na Appcenter, por exemplo.

3) Mais recursos e opções para empresas 

Ter presença nas redes sociais e, em especial no Facebook, já imperativo para a maioria das empresas. Neste sentido, uma das grandes apostas também para 2013 é a chegada de mais recursos para as marcas na rede social.

É o que defende Jon Loomer. De acordo com suas apostas, novas ferramentas para empresas no Facebook trarão a:

“Monetização, tanto das marcas quanto do Facebook. O Facebook precisa que as marcas sejam bem-sucedidas, apesar de muitos acreditarem que ele está tornando a vida de todos mais difícil. Se as marcas não tiverem sucesso este ano, o Facebook também não terá. Por isso, espero inovações para as empresas em 2013.”

Mais recursos para empresas no Facebook

Já Dennis Yu aposta em ferramentas melhores de mensuração de resultados disponibilizadas pelo Facebook. Segundo Yu:

“A otimização do ROI Social é uma das grandes questões para os profissionais de Marketing. Nós acreditamos que o Facebook lançará ferramentas que irão contemplar conversões e análise de CPA (Custo Por Ação). Assim sendo, apostamos que o Facebook lançará uma ferramenta de analytics integrada com uma ferramenta de sugestão de anúncios. Porém, o mercado irá relutar em aceitar essas ferramentas. Por isso, acreditamos que ferramentas de terceiros ainda irão dominar neste campo.” 

No entanto, uma grande aposta e que, segundo Jon Loomer, deixa de ser uma especulação para ter provas de que será real, é a chegada de uma modalidade paga do Facebook para as empresas. Jon Loomer aponta que:

“Acredito que o Facebook lançará pacotes premium de custo acessível para as empresas. Desta forma, elas poderão receber ajuda via email ou chat”.  

Sim, esta especulação já veio à tona várias vezes, mas Jon Loomer fez um post em seu blog comprovando o possível interesse nesta modalidade de monetização. Duvida? Clique e confira.

4) Mais profissionalismo do mercado 

Isso além de uma aposta, é um desejo para 2013. Mais profissionalismo no mercado e menos #fails, por favor.

“Em 2013 esperamos a chegada da fidelidade dos clientes. As empresas estiveram ocupadas demais conquistando mais fãs ao invés de focar em engajamento. Estas empresas que estiveram investindo em apenas grandes comunidades ou bases de fãs, não estão preparadas para gerenciar a comunicação de mão dupla, pois sempre viram o Facebook como mais uma ferramenta de publicidade. O Facebook lançará mais mecanismos para o gerenciamento de comunidades, mas as marcas ainda terão que aprender a responder e tirar proveito dos feedbacks de seus fãs”, aponta Dennis Yu.

Tendências para o Facebook em 2013
Tendências para o Facebook em 2013

Sem dúvida, este é o desejo de todos os profissionais de mídias sociais que ainda sofrem com a falta de valorização do seu trabalho. Porém, na medida em que o tempo passar, todos vamos aprender como as mídias sociais demandam profissionais qualificados.

5) Uma rede para informação e para compras 

A busca por contemplar a demanda dos usuários com conteúdo atrativo e relevante vai ser melhorada com a chegada das compras dentro do Facebook. Sim, já temos o F-commerce à todo vapor dentro da rede social, mas o Facebook Gifts irá agitar ainda mais o mercado e a carteira dos usuários.

Facebook Gifts

Meu último post de 2012 foi justamente sobre o Facebook Gift. A novidade que ainda não chegou no Brasil, se pegar, promete ser um canal muito quente para a compra de produtos e serviços, tudo isso sem sair do Facebook.

6) Melhorias nas buscas 

O crescimento acelerado do Facebook e o aumento expressivo do conteúdo postado dentro da rede demanda uma organização mais eficiente da informação. Se o Google faz muito bem este papel na Internet, o Facebook está demorando para facilitar a busca de conteúdo dentro da rede.

Entretanto, uma das minhas apostas é justamente essa: melhoria da busca interna do Facebook. Por isso, já trago dicas estratégias há meses para os alunos do Curso de Facebook para Empresas. Já temos vários indícios da melhoria das buscas internas no Facebook, como a declaração de Lars Rasmussen e novos elementos nos resultados de pesquisa dentro da rede social.

Resumindo 

Ao fim de todos estes pontos, as grandes apostas para o Facebook em 2013 estão:

  • Aumento da utilização por parte dos usuários e dos investimentos em melhorias e experiência do usuário no Facebook mobile;
  • Mais formatos e modelos de anúncios;
  • Mais recursos e opções para as empresas e, quem sabe, até o Facebook Premium, segundo Jon Loomer;
  • Menos #fails e mais consciência da importância do Facebook e das mídias sociais para as empresas;
  • Mais negócios, compras e vendas diretamente pelo Facebook com o F-commerce e Facebook Gifts;
  • Melhorias na busca interna do Facebook.

Seis tendências. Seis áreas que acreditamos que o Facebook investirá mais em 2013, além do que tem feito ultimamente. Agora, queremos saber a sua opinião: quais serão as grandes apostas para o Facebook em 2013?

VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...
VOCÊ PODE GOSTAR...

Pesquise no blog

VOCÊ PODE GOSTAR...

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.