6 dicas para monetizar vídeos no YouTube e aumentar seus ganhos

Postado em Vídeos Nenhum comentário

Você provavelmente produz vídeos e tem um canal no YouTube, não é mesmo? Mas, você sabia que é possível ganhar dinheiro com eles? Exatamente! Isso acontece quando você usa técnicas para monetizar vídeos no YouTube.

Talvez ao ler esse primeiro parágrafo, você imediatamente pensou em anúncios ou em algo mais complexo. Pois bem, monetizar os seus vídeos não é fácil, mas acredite: não é uma missão impossível!

Não são apenas os anúncios dentro dos vídeos do YouTube que permitem que você possa ganhar dinheiro com os seus vídeos.

O que você precisa ter para monetizar vídeos no Youtube

Antes de monetizar vídeos no YouTube, você precisa:

  1. Ter um canal ativo.
  2. Publicar vídeos com frequência.
  3. Trabalhar com o agendamento de postagens.
  4. Conhecer bem o seu público-alvo e o seu conteúdo.
  5. Ter um Mídia Kit, que é um documento contendo informações focadas na veiculação de mídia da sua empresa. Ele é indicado para os representantes comerciais apresentarem a sua marca para agências, por exemplo.
  6. Ter mais de 10 mil visualizações no canal (para quem quer investir no Google Adsense).

Maneiras de ganhar dinheiro com o YouTube

Agora que você já sabe o que seu canal e seus vídeos precisam ter, vamos falar como você pode monetizar vídeos no YouTube.

1. Adsense

5 dicas para monetizar vídeos no YouTube e aumentar seus ganhos

O Google Adsense é uma das formas mais conhecidas de ganhar dinheiro com vídeos no YouTube.

Sabe aqueles anúncios que aparecem no começo, meio e fim dos vídeos? Ou aquele anúncio que fica no rodapé? Então, é deles mesmo que estamos falando!

No print acima, você vê um anúncio de pre-roll e um anúncio lateral do Adsense. O anúncio vai aparecer de acordo com o que seu público-alvo mais se interessa, mas você é quem escolhe os formatos que deseja ter nos seus vídeos do YouTube.

Para monetizar vídeos no YouTube pelo Adsense, você deve:

  1. Ter mais de 10 mil visualizações em seu canal do YouTube.
  2. Ler e concordar com o Programa de parcerias do YouTube.
  3. Adicionar uma conta do Google Adsense.
  4. Definir como você deseja ganhar dinheiro com seus vídeos, se apenas com vídeos novos em seu canal ou também com os que você já produziu antes.
  5. Escolher os formatos de anúncio que você deseja exibir.
  6. Aguardar pela análise do YouTube.

Assim que for aprovado, seus vídeos passam a exibir anúncios para quem assiste ao seu canal.

2. Publicidade direta ou Merchan

5 dicas para monetizar vídeos no YouTube e aumentar seus ganhos

A publicidade direta envolve falar diretamente de uma marca, seja no começo, meio ou no final do vídeo.

A ideia é mostrar que o vídeo é patrocinado por uma marca. Você pode seguir seu roteiro, trazendo algum tema relacionado ao seu conteúdo e incluir com a divulgação de um produto ou serviço.

Como exemplo, temos a YouTuber Kéfera, que fez um vídeo falando sobre checar o desodorante. Ao final, incluiu uma divulgação do novo desodorante Bi-o Garnier.

2. Produto como parte da sua rotina

5 dicas para monetizar vídeos no YouTube e aumentar seus ganhos

Ao fazer um vídeo em que o produto faz parte da sua rotina, você também vai mostrar um item ou serviço que você tem parceria com a marca.

A diferença é que esse produto aparece de forma discreta no seu vídeo, como se fosse parte da sua rotina e não como uma divulgação “gostei ou não gostei” ou “recebidos do mês”.

Por exemplo, o Canal Porta dos Fundos fez um vídeo em que as personagens estão no bar com uma cerveja Amstel na mesa. Mas, em nenhum momento foi feita alguma divulgação da cerveja. Ela simplesmente fez parte do cenário do vídeo!

3. Fazer análise de um produto

5 dicas para monetizar vídeos no YouTube e aumentar seus ganhos

É um vídeo no qual você atua como influenciador digital, só que de forma mais completa. Você recebe um produto ou serviço e dá sua opinião sobre ele.

A análise de um produto funciona como um review que vai ajudar as pessoas a decidirem se compram ou não esse produto.

Nesse caso, vale combinar com o patrocinador que, caso você não goste do produto, ele pode escolher que o vídeo não seja divulgado.

Como exemplo de post de análise de produto, temos as YouTubers de moda que testam produtos e dizem o que acharam.

4. Anúncios de pre, meio e final-roll

5 dicas para monetizar vídeos no YouTube e aumentar seus ganhos

Os anúncios de pre, meio ou final-roll são muito semelhantes ao que é visto no Adsense, com a diferença de que envolve uma parceria com outro canal do YouTube.

Você vai divulgar um vídeo de um canal parceiro antes, durante ou após a exibição do seu vídeo. Assim, sua audiência entende que aquele conteúdo também é legal e vai assistir ao vídeo do outro canal.

Essa forma envolve mais uma troca de serviços. O canal parceiro aumenta sua audiência e vocês podem combinar um valor em troca dessa divulgação.

Como exemplo, temos o canal Corrida no Ar, que divulgou outros canais do YouTube que também falam de corridas, abrindo um espaço em seu vídeo para indicar esses outros YouTubers! Legal, não é mesmo?

5. Atuar como influenciador digital

5 dicas para monetizar vídeos no YouTube e aumentar seus ganhos

O objetivo do influenciador digital é divulgar alguma marca e seus produtos ou serviços.

Pode ser através de um post de compras, em que o YouTuber inclui um produto recebido no meio, um vídeo com dicas do que comprar e até mesmo os famosos recebidos do mês.

Como exemplo, temos a YouTuber Jéssica Belcost, que faz um vídeo com sugestões de looks no provador e escolhe algumas lojas. Ela divulga não apenas os produtos como também preço e loja em que os produtos são vendidos.

Deu para perceber como existem várias formas de monetizar vídeos no YouTube, não é mesmo?

Conte para a gente se você já aplica alguma dessas ideias ou se pretende passar a utilizar agora em seu canal do YouTube!

E, claro, você usa outra forma de monetizar seus vídeos? Se sim, conta o segredo aqui nos comentários!

CONTINUE NO BLOG

Antes de começar a monetizar vídeos no YouTube é preciso entender um pouco mais sobre métricas e o público-alvo do seu canal.

Você pode dar uma lida no nosso texto sobre o tema. Nele, apresentamos as principais métricas para avaliar vídeos no YouTube e no Facebook:

MÉTRICAS PARA AVALIAR VÍDEOS: CONHEÇA 12 QUE NÃO DEVEM SER IGNORADAS

RECOMENDAÇÃO DE ESPECIALISTA:

Eu acredito que este conteúdo certamente vai te ajudar a chegar mais perto do que você deseja para você e seu negócio. Ele vai te guiar pelos passos iniciais que você precisa trilhar em direção ao RESULTADO.

Mas, na minha opinião, esse é apenas o início do caminho. Se você quer se aprofundar neste tema e ter acesso a um material complementar (mais avançado), recomendo que você acesse o conteúdo complementar a este que você acabou de ler. Basta se inscrever ou clicar abaixo.

Tags:
  • webinar anúncios

Semana Venda + com as Mídias Sociais

DE 15 A 21 DE OUTUBRO
Quer entender como usar as Mídias Sociais para faturar alto e atrair mais clientes? (começando com R$5 por dia)

Semana Venda + com as Mídias Sociais